Rio Open - IMM
19
portfolio-item-template-default,single,single-portfolio-item,postid-19,eltd-core-1.1.1,awake-ver-1.1,eltd-smooth-scroll,eltd-smooth-page-transitions,eltd-mimic-ajax,eltd-grid-1200,eltd-blog-installed,eltd-default-style,eltd-fade-push-text-right,eltd-header-standard,eltd-fixed-on-scroll,eltd-default-mobile-header,eltd-sticky-up-mobile-header,eltd-menu-item-first-level-bg-color,eltd-dropdown-default,eltd-,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

Rio Open

O MAIOR TORNEIO DE TÊNIS DA AMÉRICA DO SUL

Rio Open

logo rio open

Os melhores tenistas do mundo e experiências que vão muito além das quadras.

A sexta edição do Rio Open encerrou, com a vitória de Laslo Djere. O canadense Felix Auger-Aliassime, de 18 anos, conquistou o público e o vice-campeonato. Nas duplas, o argentino Maximo Gonzalez e o chileno Nicolas Jarry conquistaram o título de campeões. O torneio recebeu 50 mil pessoas em sete dias de evento. Quem não pode estar no Jockey Club para acompanhar, teve a opção de assistir pelo Sportv cerca de 46 horas de transmissão e 35 horas no Globo Esporte.com. O sinal da TV foi enviado para 170 países e o material produzido pelos 243 jornalistas credenciados levou todo o clima da competição para o mundo.


O Leblon Boulevard, área interativa de aproximadamente 10 mil m² com vista aberta para o Cristo Redentor, teve estrutura comparável à de grandes torneios do circuito mundial, e reuniu o melhor da gastronomia local. Com a presença de chefs renomados, bons restaurantes, bares e food trucks, o público pode experimentar novidades do Grupo Troisgos, do B Experience, do Benkei, entre muitos outros. O espaço teve, ainda, um line-up com oito shows, contando com a apresentação da cantora Iza, que impressionou o público ao cantar o hino nacional antes da grande final.

O Espaço Deck também veio com novo conceito, vendendo itens exclusivos com o logo do torneio, um drink bar e uma área de arte, com exposição do artista convidado Raul Mourão, responsável pelo pôster dessa edição do evento.

Confira alguns números e curiosidades do Rio Open 2019:

– Quadras de saibro: 09

– Empregos gerados: 1.300

– Projetos sociais: 05 (que ajudam em torno de 500 crianças)

– Parceiros de mídia: 06

– Atletas: 54

– Países: 26

– Partidas disputadas:  53 (30 simples e 23 duplas – sendo uma partida mista)

– Premiação: U$ 1.937,740

– Países alcançados com a transmissão: 170

mais
Patrocínio: comercial@immbr.com
Like